quarta-feira, 19 de abril de 2017

A Arte do Descaso


Quem ainda não ouviu falar de toda essa corrupção que existe no Brasil? E não é apenas um caso isolado aqui ou ali. O que me parece é que todo o Sistema está corroído, infectado, desastrosamente arruinado com este mal. Não consigo olhar para qualquer político seja de que Partido ele pertença, do Rio de Janeiro ou na mais longínqua localidade do país, sem achar que ele pode ser ou se tornar corrupto. Não me tire por pessimista não, porque o problema está no Sistema. Pode existir casos de pessoas boas que entrem para a Política com intensões fundamentadas em suas crenças religiosas, histórico familiar, amor ao próximo... Pode ser! Mas é só ficar em contato com o resto pra coisa desandar. Opinião minha, você pode discordar.

Mas o caso é que a cada dia surgem novas denúncias, delatores, processos em andamento que não acabam nunca e na pior (melhor para alguns) hipótese, a coisa termina em pizza, Vai uma aí? Porque ser ou estar corrupto não depende mais da condição social da pessoa, está no DNA. Sabe aquela nova série que estão lançando, 171 Negócio de Família? Só o título explica bem o que acontece na Pátria Amada. E ainda tem gente fazendo piadinha com político que inaugurou um presídio e agora está morando nele e ainda levou amigos e parentes... Como se a coisa fosse parar por aí e ele teve o que mereceu... Sabe de nada inocente!

Resultado de imagem para corrupção brasil

O que não se contabiliza é a quantidade de gente que ficou no prejuízo pela roubalheira nos cofres públicos e desvio de dinheiro para contas de uns e outros. Porque na verdade a Arte do Descaso não mede esforços para prejudicar quem quer que seja. Desde que “alguém” esteja “levando um qualquer por fora” o resto (que na verdade pode ser você e eu) que se dane. E isso se tornou uma doença que contaminou a população. Ser honesto hoje em dia virou uma piada de mal gosto. O que importa é ser coerente, cordato, conivente com o Sistema para o qual se trabalha.

Se você já fez alguma reclamação numa Empresa prestadora de serviço julgando que fosse ser atendido com destreza, que seu caso seria analisado com rigorosa atenção e recebeu apenas uma cartinha informando que a reclamação é inconsistente, mas obrigada por acessar os nossos serviços, sabe do que eu estou falando! E é assim que acontece com qualquer um, o Descaso não discrimina por cor de pele, raça ou religião, ele atinge a todos sem qualquer remorso. 

Aconteceu comigo em poucos dias, depois de reclamar com a ouvidoria de uma Empresa, enviando imagens, informações e todo material necessário para análise, o retorno foi feito através de cartas padronizadas e ima infinidade de número de protocolos que eu não consigo identificar pra que servem.

Enfim, a Arte do Descaso introduzida nas atividades pode influenciar na manipulação dos resultados a favor da Empresa tornando útil o trabalho de cada atendente. Dane-se o consumidor, o cliente, o queixoso, o pai de família, a dona de casa, o pensionista... Em outras palavras: Problema teu! Vai pra Justiça que é falha mesmo, se acha que vai conseguir alguma solução... Eu hem... Pessoa estressada enviando e-mail toda hora... Me deixa quieta no meu Zap! Me esquece! Seria cômico se não fosse real e resultasse numa quantidade imensa de reclamações acumulando a pasta da lixeira de um computador. 

Esse desabafo, se assim preferir o leitor, é apenas uma pequena pincelada no retrato do país chamado Brasil, onde somos exposto a todo tipo de humilhação mesmo tendo razão. Porque aquele que leva vantagem, por menor que ela seja, não está se incomodando com quem está prejudicando. Ele não se importa de ser apenas um fantoche manipulado pelo Sistema. Sabe aquela história do tomate podre que contamina os outros? Deveria ser ao contrário: Uma pessoa de boa índole se identificaria como um exemplo para os demais a ponto de transformar a Sociedade. Mas não é isso que acontece. 

Na realidade, a pessoa assume para si  a velha postura de vilão, o que nos faz pensar naquela frase do policial da série Shades of Blue que insiste em propagar: “Às vezes, a decisão certa não está nas regras”. O que vemos então é que a corrupção ganha força e adeptos em qualquer lugar, área, departamento, ministério, onde a propina vira capital de giro para financiar a continuidade das operações do Sistema/Vida.

Resultado de imagem




Marion Vaz

Nenhum comentário:

Postar um comentário